Best 57 of Portuguese quotes - MyQuotes

By Anonym 13 Sep

Dominicus Corea

From the beginning however, there was resistence to Portuguese mastery over Kotte. While Dharmapala was alive there were two major revolts, one led by Akaragama Appuhamy in 1594, and the other by Edirille rala in 1594-96.

By Anonym 19 Sep

Leo Tolstoy

Todas as mulheres são mais materialistas do que os homens. Nós fazemos do amor algo enorme, mas elas sempre se mantém ‘terre-à-terre’.

By Anonym 15 Sep

Clarence Nash

Words were written out for me phonetically. I learned to quack in French, Spanish, Portuguese, Japanese, Chinese and German.

By Anonym 17 Sep

Dan Brown

O amor pertence a outro reino. Não o podemos fabricar a pedido. Nem o podemos subjugar quando aparece. O amor não é uma escolha nossa.

By Anonym 16 Sep

Winfried Georg Sebald

É um vazio todo peculiar que surge quando, numa cidade estranha, a pessoa disca números de telefone em vão. Quando ninguém atende, é uma decepção de alcance transcendente, como se esses números aleatórios fossem uma questão de vida ou morte.

By Anonym 18 Sep

Julia Quinn

Seja forte. Seja aplicada. Seja conscienciosa. E isso nunca se consegue escolhendo o caminho fácil. Exceto claro, quando o caminho já seja fácil por si. Às vezes, acontece. Em tal caso, não busque um novo mais complicado. Só os mártires vão procurar os problemas de maneira deliberada. (…) Ria. Ria muito e com vontade. E, quando as circunstâncias pedirem silêncio, converta a risada em sorriso. Não se conforme. Descubra o que quer e persegue-o. E se não souber o que quer, tenha paciência. Todas as respostas chegarão ao seu devido tempo e verá que seus desejos estiveram diante de você todo o tempo.

By Anonym 18 Sep

John Green

Porque é o máximo ser uma ideia que agrada a todos. Mas eu nunca poderia ser aquela ideia para mim, não totalmente.

By Anonym 14 Sep

Barry Venison

Romania are more Portuguese than German.

By Anonym 19 Sep

Fernando Pessoa

Tudo que nos cerca se torna parte de nós, se nos infiltra na sensação da carne e da vida, e, baba da grande Aranha, nos liga subtilmente ao que está perto, enleando-nos num leito leve de morte lenta, onde baloiçamos ao vento. Tudo é nós, e nós somos tudo; mas de que serve isto, se tudo é nada?

By Anonym 16 Sep

John Speed

Fortunately she stopped the servants before the platters of cold meats left the house, sending them back to the kitchen where she had the ham and beef placed on separate plates, for the Hindi Christians despite their conversion would not eat cow and the Muslims would not eat pig. The Portuguese, of course, ate anything.

By Anonym 18 Sep

Julia Quinn

Talvez aquilo fosse a definição do amor, afinal. Querer uma pessoa, precisar dela e a adorar até mesmo nos momentos de fúria, quando se tinha vontade de amarrá-la à cama só para que ela não saísse e causasse ainda mais problemas.

By Anonym 15 Sep

Julia Quinn

... a dor de um coração partido nunca vai embora, apenas fica anestesiada.

By Anonym 17 Sep

John Verdon

...o luto não é uma experiência que se vivencia uma vez e depois se segue em frente. A verdade é que o luto passa por uma pessoa em diferentes ondas separadas por períodos de entorpecimento, de esquecimento, de vida cotidiana.

By Anonym 18 Sep

Afonso Cruz

O tempo, nas relações, não anda necessariamente de trás para a frente, do passado para o futuro. É fácil verificar que uma mulher nova pode ser muito mais velhas do que um velho, e que um homem de idade impressionante pode ser uma criança. Nas relações, o tempo comporta-se de maneira diferente. O único relógio que mede o passar destes tempos são os sentimentos.

By Anonym 19 Sep

W. G. Sebald

Tudo parecia organizado da melhor forma possível, como se de fato o mundo constasse somente de palavras, como se assim o próprio horror fosse trazido para dimensões seguras, como se para cada aspecto de uma coisa houvesse um reverso, para cada mal um bem, para cada dissabor um prazer, para cada infelicidade uma felicidade e para cada mentira um quinhão de verdade.

By Anonym 18 Sep

Afonso Cruz

Rosa nunca se sente única. Isso nunca lhe acontece na vida. Todos os seus momentos são minimizados com um "isso também já me aconteceu". A vida de Rosa é partilhada por todos e não tem nada de único. Todos os seres humanos são únicos, menos Rosa. Ela pertence a todos, como o pão da missa que se divide pela humanidade.

By Anonym 15 Sep

Bangambiki Habyarimana

As pessoas de repente sabem como usar o dinheiro depois de terem gasto tudo

By Anonym 14 Sep

Mark Twain

The community is eminently Portuguese - that is to say, it is slow, poor, shiftless, sleepy, and lazy.

By Anonym 15 Sep

Afonso Cruz

A vida das pessoas acaba assim e Matilde nem sequer tem consciência de que morreu uma das suas mortes. De cada vez que deixamos de ser percebidos, morremos. Quando somos enterrados deixamos de ser percebidos por toda a gente, mas quando os outros já não olham para nós, ficaram condenados para um número limitado de pessoas, a uma morte em tudo idêntica à outra. A nossa morte não acontece quando somos enterrados, acontece continuamente: os dentes caem, os joelhos solidificam, a pele engelha-se, os amigos partem. Tudo isso é a morte. O momento final é apenas isso, um momento.

By Anonym 16 Sep

Sarah Maclean

– E se eu disser que quero que você fique? Nick não respondeu de imediato, e ela ficou mortificada ao pensar que podia ter falado a coisa errada. Então ele deu um único passo largo e a apoiou na mesa perto da porta. Tomou seu rosto entre as mãos grandes e fortes e colou os lábios aos dela novamente em um beijo longo e adorável, roubando-lhe o ar e a capacidade de pensar. Quando ele afastou a cabeça, ambos estavam ofegantes. – Se você quer que eu fique, seria preciso um exército para me fazer ir embora. Isabel ergueu as mãos e mergulhou os dedos nas mechas negras do cabelo dele, puxando-o para outro beijo. Antes de seus lábios se tocarem novamente, ela sussurrou a palavra definitiva: – Fique.

By Anonym 16 Sep

Paulo Coelho

Era uma vez um pássaro. Adornado com um par de asas perfeitas e plumas reluzentes, coloridas e maravilhosas. Enfim, um animal feito para voar livre e solto no céu, e alegrar quem o observasse. Um dia, uma mulher viu o pássaro e apaixonou-se por ele. Ficou a olhar o seu voo com a boca aberta de espanto, o coração batendo mais rapidamente, os olhos brilhando de emoção. Convidou-o para voar com ela, e os dois viajaram pelo céu em completa harmonia. Ela admirava, venerava, celebrava o pássaro. Mas então pensou: talvez ele queira conhecer algumas montanhas distantes! E a mulher sentiu medo. Medo de nunca mais sentir aquilo com outro pássaro. E sentiu inveja, inveja da capacidade de voar do pássaro. E sentiu-se sozinha. E pensou: “vou montar uma armadilha. Da próxima vez que o pássaro surgir, ele não partirá mais.” O pássaro, que também estava apaixonado, voltou no dia seguinte, caiu na armadilha, e foi preso na gaiola. Todos os dias ela olhava o pássaro. Ali estava o objecto da sua paixão, e ela mostrava-o ás suas amigas, que comentavam: “Mas tu és uma pessoa que tem tudo.” Entretanto, uma estranha transformação começou a processar-se: como tinha o pássaro, e já não precisava de o conquistar, foi perdendo o interesse. O pássaro sem puder voar e exprimir o sentido da sua vida, foi definhando, perdendo o brilho, ficou feio – e a mulher já não lhe prestava atenção, apenas prestava atenção á maneira como o alimentava e como cuidava da sua gaiola. Um belo dia o pássaro morreu. Ela ficou profundamente triste, e passava a vida a pensar nele. Mas não se lembrava da gaiola, recordava apenas o dia em que o vira pela primeira vez, voando contente entre as nuvens. Se ela se observasse a si mesma, descobriria que aquilo que a emocionava tanto no pássaro era a sua liberdade, a energia das asas em movimento, não o seu corpo físico. Sem o pássaro a sua vida também perdeu o sentido, e a morte veio bater á sua porta. “Por que vieste?” perguntou á morte. “Para que possas voar de novo com ele nos céus”, respondeu a morte. “Se o tivesses deixado partir e voltar sempre, amá-lo-ias e admirá-lo-ias ainda mais; porém, agora precisas de mim para puderes encontrá-lo de novo.

By Anonym 19 Sep

Alexandra Bracken

There's is this word. Nothing like it exists in the English language. It's Portuguese. Saudade. Do you know that one? It's more ... there's no perfect definition. It's more of an expression of feeling-of terrible sadness. It's the feeling you get when you realize something you once lost is lost forever, and you can never get it back again.

By Anonym 14 Sep

Desmond Tutu

The acknowledgement that this person is English, white, or French, or German, this is Portuguese, this is Rwandan, this is Senegalese, this is a black South Africans is a glorious thing. To speak of those positively, to say that they have characteristics, each one of them, that the others almost always do not have, and that there is a complementarily about it.

By Anonym 17 Sep

Leo Tolstoy

Ninguém está satisfeito com os bens que possui, mas todos estão satisfeitos com a inteligência que têm.

By Anonym 18 Sep

Fernando Pessoa

Tanto tenho vivido sem ter vivido! Tanto tenho pensado sem ter pensado! Pesam sobre mim mundos de violências paradas, de aventuras tidas sem movimento. Estou farto do que nunca tive nem terei, tediento de deuses por existir. Trago comigo as feridas de todas as batalhas que evitei… Em mim o que há de primordial é o hábito e o jeito de sonhar.

By Anonym 13 Sep

Neil Warnock

If something is not right we give out about it. He is almost a Yorkshireman with a Portuguese accent.

By Anonym 18 Sep

Paulo Coelho

Segundo Platão, um filosofo grego: No início da criação, os homens e as mulheres não eram como hoje; havia apenas um ser, baixo, com um corpo e um pescoço, mas a cabeça tinha duas faces, cada uma olhando para uma direcção. Era como se as duas criaturas estivessem presas pelas costas, com dois sexos opostos, quatro pernas e quatro braços. Os deuses gregos, porém, eram ciumentos, e viram que uma criatura que tinha quatro braços trabalhava mais, as duas faces opostas estavam sempre vigilantes e não exigiram tanto esforço para ficar de pé ou andar por longos períodos. E, o que era mais perigoso, a tal criatura tinha dois sexos diferentes, não precisavam de ninguém para continuar a reproduzir-se. Então, disse Zeus, o supremo senhor do Paraíso: "Tenho um plano para fazer com que estes mortais percam a sua força." E, com um raio, cortou a criatura em dois, criando o homem e a mulher. Isso aumentou muito a população do mundo, e ao mesmo tempo desorientou e enfraqueceu os que nele habitavam- porque agora tinham de procurar de novo a sua parte perdida, abraçá-la novamente, e nesse abraço recuperar a força antiga, a capacidade de evitar a traição, a resistência para andar durante longos períodos e aguentar o trabalho cansativo. A esse abraço em que os dois corpos se fundem de novo em um chamamos sexo. (...) Depois de os deuses separarem a dita criatura com sexos opostos, por que razão algumas delas resolvem que o dito abraço pode ser apenas uma coisa, um negocio como outro qualquer- que em vez de aumentar, retira a energia às pessoas ?

By Anonym 20 Sep

Thereza

You don't realize how strong you are until you have to be.

By Anonym 14 Sep

Malcolm X

On the Iberian Peninsula in the Spanish-Portuguese area, southern France that high state of a culture existed there because of Africans known as Moors had come there and brought it there.

By Anonym 19 Sep

Delphine De Vigan

Toda escrita de si é um romance. A narrativa é uma ilusão.

By Anonym 15 Sep

Fernando Pessoa

A consciência da insonsciência da vida é o mais antigo imposto à inteligência.

By Anonym 16 Sep

Alejandro Zambra

É uma história de amor, nada muito especial: duas pessoas constroem, com vontade e inocência, um mundo paralelo que, naturalmente, bem rápido desmorona. É a história de um amor medíocre, juvenil, na qual reconhece sua classe: apartamentos exíguos, meias-verdades, frases de amor automáticas, covardias, fanatismos, ilusões perdidas e depois recuperadas - as bruscas mudanças de destino dos que sobem e descem e não partem nem ficam. Palavras velozes, que antecipam uma revelação que não chega.

By Anonym 18 Sep

Caio Fernando Abreu

Quis contar, não valia a pena. Ninguém entenderia.

By Anonym 16 Sep

Mikhail Bugakov

- Habitualmente não passamos certificados - afirmou o gato, carrancudo. - Mas para si, abrimos uma excepção. E antes que Nikolai Ivanovitch tivesse tempo de se recompor, Hella, ainda nua, já estava sentada à máquina de escrever e o gato ditava-lhe: - Pelo presente certifico que o seu portador, Nikolai Ivanovitch, passou a noite indicada num baile em casa de Satã, tendo sido recrutado como meio de transporte... Hella, abre parênteses! Entre parênteses escreve: «porco». Assinado, Behemot.

By Anonym 16 Sep

Maggie Stiefvater

Ela reconheceu a estranha felicidade que vinha de amar algo sem saber por quê, aquela estranha felicidade que às vezes era tão grande que parecia tristeza.

By Anonym 15 Sep

Simon Scarrow

Agora, Cato preferira regressar às casernas depois da instrução. Era imprescindível fazer amigos quanto antes, pensou. Mas como? E quem? Os outros tinham constituído pequenos grupos durante a viagem desde Avêntico, enquanto ele passara o tempo a ler o maldito Virgílio, recordou com súbita fúria. Dava tudo para voltar a iniciar aquela viagem, sabendo o que sabia agora.

By Anonym 17 Sep

Domingos Amaral

O Embaixador Campbell costumava dizer que os portugueses são um povo estranho, para quem um permanente estado de frustração é uma espécie de segunda natureza.

By Anonym 18 Sep

Paulo Coelho

Só conseguimos ser generosos connosco nas poucas vezes que precisamos de ser severos.

By Anonym 18 Sep

Bangambiki Habyarimana

Por que amamos heróis? Porque a vida é uma luta ".

By Anonym 15 Sep

Paulo Coelho

A única maneira de salvarmos os nossos sonhos, é sermos generosos connosco.

By Anonym 17 Sep

Ransom Riggs

Ocorreu-me, ali de pé, simplesmente a respirar com ela, com o sossego a reinar à nossa volta, que aquelas bem podiam ser as duas palavras mais bonitas faladas em língua de gente. 'Temos tempo.

By Anonym 17 Sep

Jorge Luis Borges

Nada o muy poco sé de mis mayores portugueses, los Borges: vaga gente que prosigue en mi carne, oscuramente, sus hábitos, rigores y temores. Tenues como si nunca hubieran sido y ajenos a los trámites del arte, indescifrablemente forman parte del tiempo, de la tierra y del olvido. Mejor así. Cumplida la faena, son Portugal, son la famosa gente que forzó las murallas del Oriente y se dio al mar y al otro mar de arena. Son el rey que en el místico desierto se perdió y el que jura que no ha muerto.

By Anonym 16 Sep

Loretta Chase

– Ele é homem – disse Leonie. – O que foi que Byron disse sobre homens e mulheres apaixonados? (…) – “Na vida do homem, o amor é uma coisa à parte; na da mulher, é toda a vida” – citou ele.

By Anonym 16 Sep

Sarah Maclean

Era um vestido projetado para realçar, encorajar e levar os homens à loucura. Um vestido que só servia a um propósito: tentar os homens a removê-lo.

By Anonym 18 Sep

William Faulkner

O que a literatura faz é o mesmo que acender um fósforo no campo no meio da noite. Um fósforo não ilumina nada, mas permite ver quanta escuridão existe ao redor.

By Anonym 13 Sep

Nelly Furtado

Because of my Portuguese heritage, I have an interest in all of the instrumentation that comes from Portugal and Brazil as well.

By Anonym 18 Sep

Raoul Vaneigem

O trabalho foi aquilo que o homem achou de melhor para nada fazer da sua vida.

By Anonym 15 Sep

Sun Tzu

A evolução do Homem passa, necessariamente, pela busca do conhecimento.

By Anonym 17 Sep

Abhijit Naskar

O amor não tem gênero. A compaixão não tem religião. O caráter não tem raça.

By Anonym 15 Sep

Daniela Ruah

We speak loud. And we speak with our hands, but we're not aggressive like warwise. A Portuguese is not going to punch you for no reason.